Como Vender Vitaminas em Farmácia

Como Vender Vitaminas em Farmácia

Em pontos de venda farmacêuticos, é comum observar como os nutracêuticos são expostos em locais de alta visibilidade. Isso ocorre porque, além de promover grandes melhorias na saúde da população, vender vitaminas em farmácia tem gerado resultados vantajosos aos negócios.

Vender é uma tarefa muito comum para farmacêuticos que diariamente realizam a atividade. Mas quando o assunto é vitamina, conhecimentos que precedem a indicação e prescrição somam de forma significativa.

Em primeiro lugar, para iniciar nossa jornada de aprendizagem sobre como vender vitaminas em farmácia, apresentamos a RDC Nº 586 de 29 de agosto de 2013. Essa resolução tem grande impacto quando o assunto é: disponibilidade de vitaminas aos consumidores e, claro, a posterior venda destes produtos. O porquê você confere logo abaixo.

Boa leitura!

RDC 586/13

O Conselho Federal de Farmácia (CFF) foi quem estabeleceu a Resolução 586/13. Em suma, esse documento regulamenta a prescrição farmacêutica e permite aos farmacêuticos realizar indicações corretas de vitaminas.

A RDC 586/13 tem um papel muito importante na profissão farmacêutica pois permite ao profissional da área iniciar, adicionar, substituir, ajustar, repetir ou interromper terapias farmacológicas. Estas ações tem como resultado uma maior integração da classe na esfera da saúde. Além disso, reforça a missão do farmacêutico (zelar pelo bem-estar da população) e propicia sua valorização técnico-científica/ética.

E não é só isso!

A Resolução Nº 586/13 também promove benefícios aos consumidores — uma vez que os medicamentos prescritos pelos farmacêuticos resolvem a problemática de vários pacientes.

Ao prescrever uma vitamina, o farmacêutico percorre todo o processo: desde o recebimento do cliente, avaliação e prescrição até o retorno, com seus resultados. Para realizar um atendimento de qualidade e receitar produtos que realmente solucionem o problema do consumidor, é imprescindível, antes de vender, saber como prescrever as vitaminas.

Como prescrever vitaminas em farmácia

Abaixo, elencamos o que é necessário para uma correta prescrição de vitaminas.

1. Preparo

O farmacêutico deve se preparar. Ou seja, em outras palavras, ele precisa ser qualificado e conhecer bem as vitaminas disponíveis no mix de seu PDV para, assim, poder atuar no mercado de maneira satisfatória, positiva e competitiva.

2. Fazer uma boa anamnese

A anamnese é o procedimento que assegura um diagnóstico preciso e estabelece condutas terapêuticas mais adequadas às condições clínicas do paciente. Realizando-a, o farmacêutico poderá extrair informações do cliente e acima de tudo identificar qual é sua real necessidade.

3. Estudo de público

O estudo de público é uma eficiente ferramenta para conhecer os clientes da loja, saber quais são suas preferências e a partir disso dispor de um mix de produtos ideal. Além disso, é fundamental que o profissional farmacêutico investigue a rotina do paciente que irá consumir para poder prescrever um produto acessível às condições e necessidades dele.

E lembre-se:

É essencial o acompanhamento dos pacientes. A observação da evolução, tal como a identificação de possíveis ajustes no tratamento do cliente é o que irá assegurar seu consumo e, certamente, a credibilidade que o mesmo atribui à farmácia.

Como vender vitaminas em farmácia

Nutracêuticos são uma espécie de “alimento com ação de medicamento”. Quem os consome, na maioria das vezes, busca prevenir doenças e obter uma vida mais saudável. No entanto, o uso destes produtos não é obrigatório (como é o de um remédio para tratamento de alguma patologia, por exemplo). Por isso é muito importante possuir diversos tipos de abordagens e até mesmo algumas “cartas na manga” para que os clientes comprem vitaminas e a farmácia tenha bons resultados em seus tickets médios.

Abaixo disponibilizamos 6 dicas de como vender vitaminas em farmácia, tornando maiores os rendimentos da loja e promovendo benefícios aos clientes.

1. Chame a atenção do cliente

A atenção do cliente deve ser atraída já no momento em que ele entra na farmácia. Até aí, tudo bem. Mas como fazer isso?

A resposta é bem simples: torne o PDV interessante para vender mais vitaminas.

Antes de comprar, o cliente precisa saber o que são vitaminas e quais são seus benefícios ao corpo humano. Partir do pressuposto de que o consumidor já sabe tudo isso é um erro. Portanto, o mantenha informado e utilize isso a seu favor na hora de atrair sua atenção.

Distribua as vitaminas em locais de ampla visibilidade e espalhe informações pela farmácia (faça banners e cartazes expondo dados e dicas acerca dos produtos). Incite a curiosidade do cliente usando não só a comunicação falada, mas, também, a visual. Deste modo, ele irá até você sanar dúvidas e, como resultado, terá maior interesse na compra.

Preparamos um modelo de banner com informações sobre as principais vitaminas, suas funções e contribuições no corpo humano.

Veja o banner abaixo, e no parágrafo seguinte, baixe-o sem marca d’água!

Banner - Como Vender Vitaminas em Farmácia

Baixe o banner sem marca d’água!


2. Possua um bom mix de vitaminas

Lembra do estudo de público que mencionamos acima? Será válido aqui também. Através dessa pesquisa, identifique o que será mais consumido e monte um bom mix de vitaminas.

E não se esqueça!

Manter tudo organizado e disposto em pontos visíveis da farmácia é crucial!

Leia mais em: Como Organizar uma Farmácia – Do PDV ao Financeiro

3. Dedique atenção máxima ao cliente

A função do farmacêutico no atendimento e prescrição, é orientar o paciente quanto ao preparo e uso correto da vitamina. Para vender, não basta simplesmente oferecer o produto. Investigue, ouça o cliente e acima de tudo compreenda suas necessidades.

4. Tenha um espaço reservado para o atendimento

Tem algum espacinho sobrando em sua farmácia? Se houver a possibilidade, monte uma espécie de consultório. Este local fará com que o cliente sinta-se exclusivo e mais confortável no atendimento. Além disso, ali o farmacêutico poderá realizar a anamnese com mais calma e atenção.

5. Ofereça, mas não force a compra!

A situação mais desagradável para um cliente dentro de qualquer loja, é ser coagido a comprar algum produto. Aumentar a rentabilidade da empresa é um objetivo importante, mas isso não deve ser feito a todo custo. Antes de tudo, respeite o consumidor! Jamais passe a impressão de que você almeja, meramente, vender a vitamina e lucrar. Demonstre interesse real na melhoria da saúde do cliente e em hipótese alguma o coloque em uma posição desconfortável.

6. Demonstre resultados

O ser humano baseia-se em qualidade, benefício e evidências na hora das compras, principalmente se o assunto for medicamento. Portanto, ao oferecer uma vitamina, use dados que comprovem esses fatores. Seja coerente, verdadeiro, atrativo e não se esqueça de utilizar exemplos reais: casos de clientes que consomem os produtos e relatam ter obtido resultados significativos são excelentes aspectos a serem abordadas na hora da venda.

Confira também: 6 Ideias de Como Aumentar Vendas em Farmácia

FECHAR