Remédios mais vendidos no Brasil: confira as listas com os campeões de vendas

Apresentamos agora os remédios mais vendidos no Brasil em 2021 e 2020 e nas principais categorias procuradas pelos consumidores.

As listas a seguir podem ajudá-lo(a) a montar o mix ideal de medicamentos e produtos da sua farmácia e conquistar de vez a preferência do seu público.

Incluímos ainda uma relação dos não-medicamentos mais vendidos em farmácias e drogarias para você acrescentar produtos que podem aumentar suas vendas.

Lembrando sempre a responsabilidade envolvida no comércio de medicamentos, para não acabar promovendo hábitos nocivos em nome do lucro indiscriminado.

Segundo a Faculdade de Medicina UFMG, por exemplo, há estudos indicando que 35% dos fármacos são comprados por automedicação.

Já o Conselho Federal de Farmácia apresentou pesquisas mostrando que a automedicação é um hábito de 77% da população brasileira.

São números muito altos se considerados os riscos dessa prática!

Portanto, mantenha em mente seu papel fundamental de promover a saúde da população!

Ainda nesse contexto, é igualmente indispensável estar atento(a) às atualizações frequentes da Anvisa na lista de medicamentos isentos de prescrição médica

Assim, você pode fazer sua parte na promoção de um uso racional dos medicamentos.

Para receber essa lista agora mesmo em seu e-mail, sem custo algum, basta preencher o formulário abaixo!

Listas de remédios mais vendidos no Brasil

O fato é que não existe uma lista única dos remédios mais vendidos no Brasil.

Ela pode variar não só de um ano para o outro, mas também conforme a sazonalidade e circunstâncias como a pandemia dos últimos anos.

Além disso, mais do que uma lista geral de medicamentos mais vendidos, é interessante conhecer ainda aqueles que se destacaram em diferentes categorias importantes.

Então, além das listas dos mais vendidos em 2021 e 2020, apresentamos listas categorizadas pelos tipos de medicamentos mais procurados nos últimos anos.

As categorias mais vendidas no primeiro semestre do ano passado foram:

1. antidepressivos

2. analgésicos

3. e medicamentos para o sistema digestivo

Em cada um dos tópicos a seguir, indicamos as fontes dos dados e acrescentamos informações pertinentes à categoria apresentada.

Então, confira agora as principais listas de medicamentos mais vendidos do Brasil!

 

Remédios mais vendidos no Brasil em 2021

Devido aos impactos da pandemia nos últimos anos, a venda de antidepressivos em 2021 cresceu 14,1% em relação a 2020, alcançando a primeira posição entre os mais vendidos.

Sozinhos, eles representaram 13,2% da venda de fármacos durante o período.

Os dados foram levantados pelo Farmácias APP.

Já a classificação a seguir foi apurada pelo instituto de pesquisas IQVIA e se refere ao período mais crítico da pandemia, entre 2020 e 2021.

1. Ivermectina

2. Saxenda

3. Xarelto 20mg

4. Glifage XR

5. Aradois

6. Ozempic + 4 agulhas

7. Jardiance

8. Neo Soro

9. Ozempic + 6 agulhas

10. Forxiga

11. Torsilax

12. Victoza

13. Alenia

14. Losartan

15. Avamys

16. Xarelto 15mg

17. Xigduo

18. Leverctin

19. Glyxambi

20. Aerolin

 

Os 100 medicamentos mais vendidos no Brasil (2020)

Aqui, é possível ter uma noção bem nítida de como os cenários podem se alterar de um ano para o outro e conforme as circunstâncias.

O ranking é resultado de uma pesquisa da Close-up Internacional considerando a venda em unidades nos estabelecimentos varejistas. 

1. Neosoro

2. Glifage XR

3. Maxalgina

4. Losartana N.Q

5. Cimegripe

6. Ciclo 21

7. Puran T4

8. Losartana TTB

9. Cimelide

10. Torsilax

11. Dorflex

12. Sildenafila N.Q

13. Metformina P.D

14. Losartana EMS

15. Dipimed

16. Salonpas Emplastro

17. Loratamed

18. Hidroclorotiazida

19. Losartana MD7

20. Novalgina

21. Aradois

22. Sorimax

23. Buscopan CPTO

24. Levotiroxina MCK

25. Histamin

26. Sildenafila EUF

27. Expec

28. Strepsils

29. Vick-Vaporub

30. Microvlar

31. Infralax

32. Losartana P.D

33. Atenolol SDZ

34. Viter C

35. Dipirona N.Q

36. Decongex Plus

37. Dipirona EMS

38. Hidroclorotiazida MDQ

39. Ibupril

40. Enalapril TTB

41. Rivotril

42. Soro Fisiológico ADV

43. Neosaldina

44. Nimesulida CM5

45. Tylemax

46. Glibenclamida N.Q

47. Atenolol MD7

48. Sinvastatina SDZ

49. Hidroclorotiazida TTB

50. Fluconazol CM5

51. Cefalexina TTB

52. Doralgina

53. Diad

54. Bio-C

55. Naridrin

56. Sal de Fruta Eno

57. Babymed

58. Aerolin

59. Corus

60. Dramin B6

61. Hidroclorotiazida N.Q

62. Bepantriz

63. Albel

64. Colírio

65. Enalapril CM5

66. Ciflogex

67. Neodia

68. Simeticona MD7

69. Scaflogin

70. Somalgin Cardio

71. Losartana POT EUF

72. Cetoprofeno MD7

73. Narix

74. Nista+Zinco N.Q

75. Omeprazol TTB

76. Lacrifilm

77. Naproxeno N.Q

78. Predsim

79. Losartana GM2

80. Busonid

81. Neolefrin

82. Sodio Cloret. ARB

83. Hidroclorotiazida EMS

84. Buscopan

85. Albendazol MD7

86. Gardenal

87. Selozok

88. Pantoprazol ACH

89. Luftal

90. Tadalafila EUF

91. Repoflor

92. Rinosoro

93. Sinvastatina CM5

94. Advil

95. Vonau Flash

96. Ivermectina VMC

97. Alivium

98. Dipirona GM2

99. Nevralgex

100. Enalapril N.Q

 

Antidepressivos

Segundo levantamento da Close-up Internacional em fevereiro deste ano (2022) o antidepressivo mais vendido em unidades é o Velija.

É importante ressaltar o fato de que este é um medicamento controlado e só pode ser vendido sob prescrição médica.

Confira agora o restante da classificação para a categoria:

1. Velija

2. Brintellix

3. Pondera

4. Donaren Retard

5. Lexapro

6. Exodus

7. Reconter

8. Venlift OD

9. Efexor VR

10. Zoloft

 

Analgésicos

Os dados a seguir também foram levantados em fevereiro de 2022 pela Close-up Internacional.

Lembrando que em 2020 e em diversos anos anteriores, os analgésicos costumavam ocupar o topo da lista dos mais vendidos.

Conheça os analgésicos mais vendidos em fevereiro deste ano:

1. Neosaldina

2. Engov

3. Novalgina

4. Lisador

5. Doralgina

6. Sonrisal

7. Doril

8. Toragesic

9. Dipirona N.Q

10. Tylenol

 

Antiácidos

Com cerca de 33 milhões de unidades vendidas em fevereiro de 2022, o Sal de fruta ENO lidera a lista de antiácidos mais vendidos.

Confira os 10 primeiros colocados da categoria conforme a pesquisa da Close-up Internacional:

1. Sal de Fruta Eno

2. Estomazil

3. Luftal

4. Magnésia Bisurada

5. Gastrol

6. Mylanta Plus

7. Gastrogel

8. Stomaliv

9. Magnazia

10. Luftagastropro

 

Medicamentos mais vendidos com prescrição

Os medicamentos desta classe precisam de diferentes tipos de receitas para serem comercializados.

Então é importante estar atento(a)!

Os dados são da Close-up Internacional:

1. Xarelto

2. Ozempic

3. Saxenda

4. Glifage XR

5. Ivermectina VMC

6. Jardiance

7. Xigduo XR

8. Addera D3

9. Puran T4

10. Dexilant

 

Genéricos mais vendidos

A venda de medicamentos genéricos tem registrado crescimentos consecutivos nos últimos anos.

Trata-se de uma variedade bem ampla de medicamentos, indicados pelo seu princípio ativo, e que tanto podem ser controlados quanto isentos de prescrição.

Segundo levantamento da IQVIA, os genéricos mais vendidos em 2020 foram:

1. Losartana

2. Hidroclorotiazida

3. Dipirona Sódica

4. Sildenafila

5. Atenolol

 

Não-medicamentos

Os não medicamentos vendidos em farmácia são ótimas opções para se aumentar o ticket médio e o volume de vendas.

Em torno deles, é possível se desenvolver diversas estratégias de vendas, como na confecção de kits de presentes.

Conheça os não-medicamentos mais vendidos nas farmácias e drogarias em 2020, conforme a Close-up Internacional:

1. Rexona

2. Dove

3. Valda

4. Trident

5. Mentos

6. Sempre Livre

7. Johnsons Baby

8. Intimus Gel

9. Nivea Desodorante

10. Nivea Bath

   

O papel da farmácia diante dos riscos da automedicação

Naturalmente, o lucro é o principal objetivo de qualquer empreendimento comercial.

Porém, no nicho farmacêutico, o custo disso pode ser a vida de outras pessoas.

Segundo a Anvisa, 18% das mortes por intoxicação no Brasil estão relacionadas à automedicação, enquanto 23% das intoxicações infantis se devem à ingestão acidental de medicamentos.

O uso irracional de remédios pode causar os mais diversos efeitos indesejados, como o agravamento de outras doenças, alergias e dependências, além de eventuais interações medicamentosas.

Assim, é papel do farmacêutico(a), como agente habilitado de saúde, conscientizar o público quanto aos riscos da automedicação, uso indevido e má conservação dos medicamentos.

Para além da questão ética, tal posicionamento pode inclusive funcionar como estratégia para retenção e fidelização de clientes. 

A qualidade no atendimento, até mesmo na venda de MIPs, será sempre um diferencial, e orientar para que um cliente deixe de comprar por cuidado à sua saúde pode conquistar a confiança dele de forma definitiva.

Então, lembre-se de cumprir seu papel como profissional de saúde e escolha a alternativa mais ética. Você também só tem a ganhar!

   

Conclusão: os remédios mais vendidos no Brasil na sua farmácia!

Além de trabalhar com os remédios mais vendidos no Brasil, você pode ampliar seu mix de produtos bem sucedidos para atrair cada vez mais clientes.

Foi por isso que incluímos, aqui, uma lista de não-medicamentos mais vendidos, reconhecendo o impacto que produtos como esses podem ter no seu faturamento.

E você ainda pode pensar em outras alternativas como produtos fitoterápicos, ou estratégias de como organizar os produtos na farmácia para chamar ainda mais a atenção da clientela. 

Para se aprofundar na questão dos não-medicamentos, conhecer os diferentes produtos que eles englobam e estratégias específicas para eles, confira nosso artigo sobre o tema!

Clique no botão abaixo e descubra todo o potencial dessa classe de produtos.


Hey! Você gostou deste conteúdo? Então compartilhe com seus amigos. Isso nos ajuda a continuar produzindo conteúdos de qualidade que melhoram o dia a dia da sua farmácia!

Sua farmácia continuará perdendo clientes
por não ter presença online?

Assista agora uma demonstração sem compromisso.
ASSISTIR DEMONSTRAÇÃO
linkedin facebook pinterest youtube rss twitter instagram facebook-blank rss-blank linkedin-blank pinterest youtube twitter instagram